Projeto Alimentação e Meio Ambiente

CEMEI - Centro de Educação Infantil Dedinho Verde (Ouro Verde do Oeste-PR)

Professora Jessika Dayane Alves

 

Click na imagem para ver as fotos

O Projeto Alimentação e Meio Ambiente da professora do CMEI e acadêmica do curso de Pedagogia Jessika Dayane Alves, está sendo realizado no Centro de Educação Infantil Dedinho Verde de Ouro Verde do Oeste e será trabalhado com alunos do Maternal I e II (crianças de 2 a 5 anos). O objetivo do Projeto é conscientizar as crianças sobre a importância da preservação do meio ambiente, buscando, através da realização da compostagem, a percepção de que tudo se recicla, até os alimentos que vão para o lixo.


CEMEI ensina aos alunos o processo da compostagem

 

Compostagem: a arte de transformar o lixo em adubo orgânico

(10-Dez) Na última etapa do Projeto Alimentação e Meio Ambiente a professora Dayane Alves mostrou aos alunos como proceder para fazer o aproveitamento do lixo orgânico e transformá-lo em adubo para ser utilizado no plantio de frutas e verduras. Com a utilização de recipiente plástico com pequenos furos, pedras e capim seco a professora mostra como transformar o lixo em adubo. Muitas pessoas acreditam que um bom composto é difícil de ser feito ou exige um grande espaço para ser produzido; outras acreditam que é sujo e atrai animais indesejáveis. Se for bem feito, nada disto será verdadeiro. Um composto pode ser produzido com pouco esforço e custos mínimos, trazendo grandes benefícios para o solo e as plantas. Mesmo em um pequeno quintal ou varanda, é possível preparar o composto e, desta forma, reduzir a produção de resíduos inclusive nas cidades.


Por exemplo, com restos das podas de parques e jardins se produz um excelente composto para ser utilizado em hortas, na produção de mudas, ou para ser comercializado como adubo para plantas ornamentais. Desta forma, são obtidos dois ganhos ao mesmo tempo: com a produção do composto propriamente dito e um benefício indireto que é a redução de gastos de transporte e destinação do lixo orgânico produzido pela comunidade local. Outro engano muito comum é mandar para a lata do lixo partes dos alimentos que poderiam ir para o prato: folhas de muitas hortaliças (como as da cenoura e da beterraba), talos, cascas e sementes são ricas fontes de fibra e de vitaminas e minerais fundamentais para o bom funcionamento do organismo. O que comprova que a melhoria da saúde tanto de famílias ricas ou pobres pode ser conseguida como medidas simples como o reaproveitamento integral de alimentos, e o desenvolvimento de bons hábitos de vida e nutrição. Todos os restos de alimentos, estercos animais, folhas, galhos, restos de culturas agrícolas, enfim, todo o material de origem animal ou vegetal pode entrar na produção do composto. Assista o video com as explicações da professora Dayane e a opinião da Diretora Elvira Zambrin sobre o Projeto.


COMPOSTAGEM - VIDEO


CEMEI de Ouro Verde visita a HortGranjaKohler

(25/Nov) A Creche Municipal (Centro de Educação Infantil Dedinho Verde) visitou o Sítio Kohler na Linha Rio do Ouro e viram como se plantam as mudas de verduras, visitaram a horta e os locais reservados para produção de peixes. Com o dinheiro arrecadado na venda do lixo reciclável os alunos ajudaram a escolher as verduras que foram compradas para a merenda escolar. Click na imagem para ver as fotos do sitio, das crianças e professoras da escola. No player voce assistirá as imagens com explicações do proprietário da HortGranja que mostra aos alunos o processo do plantio de mudas das verduras e faz um passeio pelo sítio.

Click no player para assistir as imagens com explicações do proprietário da HortGranja que mostra aos alunos o processo do plantio de mudas das verduras e faz um passeio pelo sítio.


Centro Municipal de Educação Infantil participa da coleta do lixo reciclável.

(19/Nov) A Creche Municipal (Centro de Educação Infantil Dedinho Verde) participa do Projeto Alimentação e Meio Ambiente, que vem sendo desenvolvido pela professora Jessika Dayane Alves e conta com o apoio de todos os professores da escola, prefeitura, Secretaria de Educação, Cultura e Esportes. As crianças aprendem a diferença entre o ambiente sujo e o limpo, percebem a importância da água não poluída para a sobrevivência dos peixes, calculam o valor do lixo reciclado que pode ser reaproveitado e aprendem tambem sobre a separação e diferenças entre lixo orgânico, plástico, papel, alumínio, vidro, etc.  A Diretora Elvira Brotto Zambrini acompanha de perto o Projeto e está bastante satisfeita com o desenvolvimento das atividades envolvendo os alunos do Pré-1 e Pré-2. Para a Diretora, os alunos aprendem com mais facilidade nessa faixa etária e ainda ensinam, em casa, a forma correta do  tratamento com o lixo.

(19/Nov) Click no Player para assistir o vídeo com o trabalho das professoras do CEMEI na conscientização das crianças com a reciclagem do lixo.


CEMEI  visita  Sítio Rancho Fundo em Concórdia

(12/Nov) Click no Player para assistir o vídeo com o passeio dos alunos.


CEMEI visita local do lixo reciclável em Toledo.
Alunos do Centro Municipal de Educação Infantil Dedinho Verde (Ouro Verde do Oeste) visitam a Estação de Reciclagem do Lixo em Toledo.

(04/Nov) Click no Player para assistir o vídeo com explicações da Presidente da Associação Serly Correia, responsável pela reciclagem do lixo em Toledo



O Projeto Alimentação e Meio Ambiente da professora Jéssika Daiane Alves está tendo o acompanhamento da Secretária de Educação, Cultura e Esportes Jassira Bordignon, da Coordenadora Pedagógica Profa. Ana Cristina, da Diretora do CEMEI Elvira Natalina Brotto Zambrin, da estagiária Rosana Vanessa Taraczuk, das professoras Sônia de Souza Ramos e Nilza Maria Jaster, além da equipe da cozinha e demais funcionários do CEMEI.